Março 2015 archive

SINEBAHIA ILHÉUS OFERECE 36 VAGAS DE EMPREGO NESSA QUARTA-FEIRA

Confira abaixo as vagas disponíveis nessa quarta-feira (25), na agência do SineBahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.
Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9.
Vendedor Pracista
Formação: Ensino Médio Completo
6 meses de experiência
8 Vagas
Promotor de vendas
Formação: Ensino Médio Completo
6 meses de experiência
10 Vagas
Professor de História (Ensino Fundamental)
Formação: Ensino Superior Completo
6 meses de experiência
1 Vaga
FONTE: SINEBAHIA

BUERAREMA: DENÚNCIA CONTRA PREFEITO GUIMA PODE LEVAR A CRIAÇÃO DE CPI NA CÂMARA.. OLHA AI!

                                                

Em Buerarema o professor Adriano Gama, protocolou na câmara de vereadores uma denúncia contra o prefeito Guima Barreto (PDT). O professor alega que o alcaide cometeu crime de improbidade administrativa e cobra que a câmara tome as medidas cabíveis.
Adriano Gama denúncia a situação da primeira dama do município, Ione Cabral, a mesma é professora leiga, mas recebe salário superior a de professores com nível superior. Ele recebe salário superior a R$ 1.200, e está lotada na Escola Rotary.
O denunciante também citou uma sobrinha do prefeito, que é concursada como Gari, mas recebe salário superior aos demais funcionários do setor.
Muito provavelmente nesta semana os vereadores vão analisar a denúncia e existe a possibilidade de ser instaurada uma CPI para investigar mais essa denúncia contra o prefeito.
Vale lembrar que o secretário de finanças, Thiago Barreto, foi convocado para prestar esclarecimento na câmara.
FONTE: VERMELHINHO

UNA: ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS VENCEM A SEGUNDA BATALHA

                                          Estudantes Universitários do Município de Una

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, Desembargador Dr. Eserval Rocha, negou pedido da Prefeitura de Una, para suspender a decisão liminar do juiz da Comarca de Una, Dr. Maurício Álvares Barra, que no dia 24 de fevereiro do corrente ano, concedeu favorável a um Mandado de Segurança perpetrado pelos estudantes da Comissão de Estudantes Universitários do município, assegurando aos alunos o direito ao transporte universitário gratuito.
Com a decisão do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, a prefeita Diane Rusciolelli (PSD), perde mais uma batalha na Justiça, em querer a retirada do transporte gratuito para os Universitários. A Lei Orgânica Municipal, em seu artigo 187 de 2004, garante que todos os estudantes Universitários do Município tenham o transporte pago pela Prefeitura.

Imagem2

Leia abaixo a decisão na íntegra do Desembargador e presidente do TJBA:

II – Inicialmente, cumpre esclarecer que, no pedido de suspensão, não são examinadas questões processuais e de mérito da demanda, mas, apenas e tão somente, a potencialidade lesiva aos bens jurídicos tutelados pela norma de regência. Trata-se, na origem, de Mandado de Segurança n° 0000115-59.2015.8.05.0267 impetrado pelos estudantes universitários do município de Una, em razão da interrupção da prestação de serviço de transporte público universitário, assegurado na Lei Orgânica Municipal, em seu art. 187.

Evidencia-se, dos autos, que o Magistrado de primeiro grau verificou que ” A concessão do direito fundamental ao transporte público escolar aos universitário gera no mínimo uma expectativa de direito de continuidade no serviço, de modo que a sua supressão repentina certamente ocasionará evasão no ensino superior dos mencionados alunos que não terão condições de arcar com custos de forma repentina”(fls. 89/92) . Com efeito, diante dos fatos, o direito ao transporte público universitário para a cidade de Ilhéus e Itabuna assegurados pelo Art. 187 da Lei Orgânica do Município de Una, deve ser mantido, conforme acertada decisão do juízo de piso, pois a interrupção pode trazer lesões a educação pública e prejudicar os estudantes carentes que utilizam o transporte como única maneira de se deslocar para concluir o ensino de educação superior.
Ademais, de acordo com os termos da decisão do juiz a quo, foi determinado o retorno da prestação de serviço de transporte universitário gratuito, mas não foi estipulado que deveria ser restabelecida qualquer relação contratual para tanto, podendo ocorrer a prestação do serviço da forma alternativa que sugere a prefeitura, usando os ônibus do programa educacional “Caminho da Escola”, contanto que seja totalmente gratuito, englobando para isso o veículo, mão de obra e combustível.
Destaque-se, em análise dos documentos juntados, o Postulante não demonstrou, concretamente, em que a prestação do serviço de transporte universitário gratuito pode impactar na economia e na ordem pública, causando grave lesão e de difícil reparação, não bastando meras alegações para autorizar o deferimento do pleito.
III – Ante o exposto, ausentes os requisitos autorizantes do acolhimento do pleito, indefiro o pedido de suspensão dos efeitos da liminar concedida no Mandado de Segurança nº. 0000115-59.2015.8.05.0267.
Publique-se. Salvador, 16 de março de 2015.
Des. ESERVAL ROCHA Presidente do Tribunal de Justiça
FONTE: UNA NEWS, ATITUDE EM UNA

SERÁ QUE É COINCIDÊNCIA?

LUCIANO HUCK É MULTADO APÓS SUA MARCA SER ACUSADA DE INCENTIVO A PEDOFILIA.
                                  Imagem2
Depois de muita polêmica, a grife do apresentador Luciano Huck teria feito um acordo com o Ministério Público do Rio de Janeiro.

Segundo informações do jornal O Globo, a marca terá que pagar uma multa no valor de R$15.760.

As camisetas da linha infantil vinham com a frase “vem ni mim que tô facin” estampada. A grife foi acusada de incentivo à pedofilia.
Imagem1
FONTE: UNA NEWS

INDÍGENAS DA BAHIA PROTESTAM CONTRA PEC SOBRE DEMARCAÇÃO DE TERRAS

                                                      

Uma delegação de cerca de 100 indígenas da Bahia – composta por povos Pataxó, Pataxó Hahãehãe, Kaimbé, Kariri e Tupinambá – faz neste momento um ato na Esplanada dos Ministérios em protesto à reinstalação da comissão especial que vai analisar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 215. O texto transfere ao Congresso Nacional a decisão final sobre a demarcação de terras indígenas no Brasil.
De acordo com o Conselho Indigenista Missionário (Cimi), o grupo reivindica a garantia de direitos, o respeito à Constituição e a continuidade dos processos de demarcação de terras, além de defender a preservação da natureza diante da exploração promovida por setores econômicos como madeireiros, garimpeiros e empreiteiras.
No período da tarde, a delegação deve se dirigir ao Supremo Tribunal Federal em visita aos gabinetes e, às 17h, está prevista uma audiência com o presidente da Corte, ministro Ricardo Lewandowiski.
FONTE: BOCÃO NEWS

VIDEOS DE JOVENS DO DISTRITO DE COLÔNIA FAZ SUCESSO NO FACEBOOK

UNA: SINFESPU INFORMA QUE TODAS AS CATEGORIAS ESTÃO EM GREVE

FONTE: SINFESPU