Abril 2015 archive

VEREADORES VISITAM FAZENDA JUERANA

Os Vereadores Man, Jorge, Dilsinho e o Presidente da Câmara Aílton, Juntamente com o Blogueiro Di Rusciolelli. Receberam um convite do então proprietário da Fazenda Juerana Tiago e do empresario Mutuca. Para fazer uma  visita na fazenda Juerana e conseguintemente observar com seus próprios olhos, a reivindicação de melhoria da estrada que liga Colônia a Juerana, feita pelo então empresario Mutuca na ultima semana. Veja aqui

UNA: EQUIBAHIA IRÁ PROMOVER “I DIA DE CAMPO”

                                                      

Será realizado na cidade de Una na próxima quarta-feira (29), “I Dia de Campo” promovido pelo EQUIBAHIA. Segundo informações do zootecnista Gustavo Bressan, o EQUIBAHIA é um núcleo técnico que presta assessória técnica em aquicultura e meio ambiente.
Ainda segundo Bressan, este evento tem como objetivo informar sobre o CADASTRO AMBIENTAL RURAL OBRIGATÓRIO, CRIAÇÃO DE ANIMAIS SILVESTRES, CRIAÇÃO DE PEIXE, esclarecerem as principais duvidas com relação aos assuntos abordados e oferecer serviços técnicos de qualidade nessas áreas.
DIA: 29 DE ABRIL DE 2015
LOCAL: CLUBE SOCIAL DE UNA
HORÁRIO: A PARTIR DAS 7H E 30MIN ATÉ ÀS 12H.
Maiores informações, através do E-mail: consultoriaaquibahia@gmail.com ou pelos telefones, 73/8190-0080; 73/9165-3552

FONTE: UNA NEWS

VEREADOR DAVI CONSEGUI VIA JUSTIÇA, SUSPENDER AS INVESTIGAÇÕES CONTRA PREFEITA DIANE- A DEFINIR

                             

FONTE: ATITUDE EM UNA

Ontem os vereadores de Una foram surpreendidos com a liminar proferida pelo juiz Maurício Alvares Barra, a pedido o vereador Davi(PMDB), que suspendeu parcialmente a Comissão Processante que está investigando as denúncias de irregularidades, enriquecimento ilícito e fraudes em licitações supostamente cometidas pela prefeita. As comissões foram instauradas no dia 10/03 desse ano (relembre aqui e aqui) na câmara de vereadores.

O vereador Davi acionou a justiça alegando que a mesa diretora da Câmara não respeitou a proporcionalidade partidária e, segundo cita em sua decisão o excelentíssimo juiz, o vereador ainda alegou que alguns dos vereadores não poderiam fazer parte das comissões, tendo em vista os mesmos fazerem parte da Mesa permanente de direção da casa. Ainda, segundo Davi, o próprio regimento da Casa diz isso.

O juiz Mauricio Alvares Barra concedeu o prazo de 10 dias para os intimados apresentarem informações sobre o trâmite legislativo. Cabe frisar que os vereadores receberam a intimação no momento em que estavam em reunião com a promotora da cidade e a prefeita já havia assinado uma uma intimação para depor nas mesmas comissões.

Dos fatos contraditórios 
Os vereadores que, segundo Davi e seu renomado advogado Manuel Guimarães Nunes, não poderiam fazer parte das comissões são os vereadores Professor Jorge (PT) e Man (PTN), eles são, respectivamente, primeiro secretário e vice presidente da atual composição mandatária da Câmara.
Além disso, cabe ressaltar que o vereador Davi, que alega no processo 8000017-35.2015.8.05.0267 – Abuso de Poder, não se fazia presente na sessão do dia 10/03, não justificou sua ausência e muito menos relata ao juiz que para formar as comissões, foi realizado um sorteio. Uma forma democrática de criar as comissões. Não foi a dedo, a mando ou por interesse de A ou B.
Vale lembrar também o que está escrito no Artigo 58, § 1 da Constituição Federal: “Na constituição das Mesas e de cada Comissão, é assegurada, tanto quanto possível, a representação proporcional dos partidos ou dos blocos parlamentares que participam da respectiva Casa.” No que está grifado, deixa claro que o que foi possível ser realizado na criação da formação, pois cada comissão tem um vereador de um partido da casa, e não tem um vereador do PMDB porque foi realizado um sorteio. Vale lembrar ainda, recorrendo aoDECRETO-LEI Nº 201, DE 27 DE FEVEREIRO DE 1967 que diz:

Art. 5º O processo de cassação do mandato do Prefeito pela Câmara, por infrações definidas no artigo anterior, obedecerá ao seguinte rito, se outro não for estabelecido pela legislação do Estado respectivo:
I – A denúncia escrita da infração poderá ser feita por qualquer eleitor, com a exposição dos fatos e a indicação das provas. Se o denunciante for Vereador, ficará impedido de votar sobre a denúncia e de integrar a Comissão processante, podendo, todavia, praticar todos os atos de acusação. Se o denunciante for o Presidente da Câmara, passará a Presidência ao substituto legal, para os atos do processo, e só votará se necessário para completar o quorum de julgamento. Será convocado o suplente do Vereador impedido de votar, o qual não poderá integrar a Comissão processante.
II – De posse da denúncia, o Presidente da Câmara, na primeira sessão, determinará sua leitura e consultará a Câmara sobre o seu recebimento. Decidido o recebimento, pelo voto da maioria dos presentes, na mesma sessão será constituída a Comissão processante, com três Vereadores sorteados entre os desimpedidos, os quais elegerão, desde logo, o Presidente e o Relator.
Portanto, para finalizar, vale relembrar o que o vereador Man disse na sessão do dia 31/03:
“Tem vereadores que estão tentando atrapalhar as investigações.” Revejam aqui. Só que na época, se achava que eram outros e não o Davi.

IPIAÚ: ÔNIBUS DA SECRETARIA DE SAÚDE CAPOTA E DEIXA DOIS MORTOS E 15 FERIDOS

Na manhã desta sexta-feira um ônibus secretaria de saúde da prefeitura de Ipiaú capotou na BR 101, próximo a uma área da CEPLAC no trecho entre Itabuna e Itajuípe. O veiculo transportava pacientes para o município de Itabuna.
Várias ambulâncias estiveram no local para socorrer os vários feridos, uma mulher morreu no local, sendo que 16 vitimas deram entrada no Hospital de Base de Itabuna, e outra mulher morreu na unidade hospitalar.
FOTOS A BAIXO
accc
aci
FONTE: POLÍTICOS DO SUL DA BAHIA

UNA: SINFESPU IRÁ DENUNCIAR A PREFEITA DIANE NA JUSTIÇA, POR DESCUMPRIMENTO DE LEI

                                  Imagem1

Depois de várias tentativas de negociação com o Poder Executivo Municipal, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipal de Una-(SINFESPU), juntamente com seu departamento Jurídico, decidiram que irá ingressar na justiça, uma ação de descumprimento de Lei contra a Prefeita da cidade de Una, Diane Brito Rusciolelli (PSD).
A 3ª reunião para tratar da revisão geral anual com data-base mês de fevereiro, aconteceu nesta quinta-feira (23) no gabinete da prefeita. No decorrer da reunião, em nenhum momento a prefeita mostrou-se interessada em cumprir a Lei Federal e a Lei Municipal que dá direito aos servidores públicos a REVISÃO GERAL ANUAL de 6,23%.
A prefeita, além de descumprir a reposição da inflação nos salários dos servidores, que de acordo com o INPC seria em torno de 6,23%, também descumpre leis como o artigo 37 da Constituição Federal (princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência), o artigo 17, nos itens IX e X da Lei Orgânica do Município, e o Estatuto dos Servidores Públicos de Una, no capítulo VII, artigo 151.
Estiveram presentes nessa reunião, a comissão de negociação do Sindicato Sinfespu, o Presidente, Jorge “Kita; Secretário Geral, Emanuel; Tesoureira, Mônica; Secretário de patrimônio, Marcio Chaussê; o Ex-presidente Osvanildo “Prevé”; Ex-Tesoureira, Moema e a Advogada do Sinfespu, Dra Ariadna. Do Poder Executivo esteve presentes, A Prefeita, Diane Rusciolelli; Controle interno, Hygor Caliman, Procurador Jurídico do Município, Drº Manuel e Drº Alberto.
Informações:Sinfespu

FAZENDA JUERANA UMAS DAS GRANDES FAZENDA DE NOSSA REGIÃO, VEM COBRANDO ESTRADA VICINAIS A PREFEITURA

                                 
A fazenda Juerana localizada no município de Una vem investindo e apostando na diversificação agrícola e pecuária. Na agricultura a fazenda tem investido no plantio de 80 mil pés de mamão, 20 mil pés de pimenta, 230 mil pés de seringueira, 180 mil pés de café já produtivo com previsão de chegar a 500 mil até o final do ano de 2015. Já na pecuária, 470 cabeça de gado para corte.

Segundo informações do empresário Edcarlos Sampaio Menezes, conhecido popularmente por “Mutuca”, ele tá com uma equipe de homens prestando serviço na referida fazenda. Ainda segundo ele, a Juerana é uma das Fazendas que mais gera emprego no município, e vem tendo dificuldade em escoar seus produtos devido às estradas vicinais precárias.
Mutuca informou a nossa reportagem que o dono da fazenda Juerana esteve com a prefeita e ofereceu ajuda em combustível e cascalho pra melhorias nas estradas vicinais, mesmo assim a prefeita não deu a mínima importância. “Há mais ou menos três meses atrás, eu estive com o Sr.Tiago proprietário da fazenda Juerana, em reunião no gabinete da prefeita com a presença do secretário de agricultura Yuji solicitando melhoria nas estradas, Tiago disponibilizou ajudar a prefeitura no combustível e cascalho, nessa mesma reunião a prefeita se comprometeu que após vinte dias as estradas já estavam todas arrumadas, mas, até a data de hoje o acordo não foi cumprido”. Disse Mutuca
“A prefeitura está com uma pratol e uma caçamba do PAC 2, mesmo assim tá deixando os fazendeiros revoltados pela falta de compromisso e os acordos feitos para melhorias das estradas” relatou Mutuca
“Estive em reunião nesta última quinta feira com o Presidente da câmara Aílton e alguns vereadores, pedindo apoio na melhoria das estradas vicinais para escoamento dos produtos agrícola do município, Aílton mim disse que irá junto com outros vereadores fazer uma visita na fazenda Juerana pra que possa cobrar do Executivo” Finalizou Mutuca.
FONTE: ATITUDE EM UNA

REPOSTA DA PREFEITURA AO BLOG COLÔNIA NOTICIAS

O Blog Colônia Notícias publicou essa semana, uma matéria em forma de pergunta para atual administração de nossas cidade, a respeito da então Emenda Parlamentar no valor de 500 mil Reias, cedida pelo então Deputado Paulo Magalhães em 2014, destinada para calçamento de ruas do Distrito de colônia.
A Prefeitura Municipal de Una através de sua Assessoria de Imprensa, nos enviou nesta quarta feira a Resposta em relação a pergunta que nosso Blog vez a atual administração. Desde já peço desculpa ao nosso leitores, pois tivemos problema em nosso Email, por isso não tivemos acesso a resposta da prefeitura. E para completar estamos com problema no serviço de nosso blog. 
Mais em respeito a você leitor. Iremos publicar assim mesmo com “bugs”a reposta e a justificativa, da prefeitura Municipal de Una em relação a obra do calçamentos de colônia.

Mais uma Vez Explicamos! 

Devido ao Problema no Serviço do nosso Blog ou seja no domínio, iremos publicar assim mesmo a resposta da prefeitura, por que estamos com o nosso sistema com muito “bugs”. Para não faltar com respeito ao nosso Leitor e a até mesmo a Prefeitura Municipal de Una, iremos publicar assim mesmo com muito problemas.   

Veja Abaixo o que Diz a Reposta da Prefeitura Municipal!

A Prefeitura respondeu nossa cobrança.
 

Segundo a prefeitura o processo para que se execute o projeto é burocrático e demorado, e que vários fatores atrasam o projeto, mas que em breve o mesmo será concluso.
 
Ainda segundo a prefeitura, o dinheiro não corre risco de perder, pois assim que findar o projeto, a Caixa Econômica Federal irá liberar, via Ministério das Cidades, a verba.

Agradecemos a prefeitura pela resposta, mas fica aqui mais perguntas:

  1. Quais processos atrasam o projeto?
  2. Impedimentos políticos?
  3. Impedimentos quanto à contrapartida do municipio?
  4. Esse “em breve” é esse ano ainda ou ano que vem de eleição?? 

Email enviado pela Prefeitura Abaixo!

 

Colônia Notícias: Esperamos que a Prefeitura Municipal de Una mais uma vez, através de sua Assessoria de imprensa, responda essas perguntas feitas para que possamos esclarecer mais e mais, essa situação dessa Emenda Parlamentar cedida para o Distrito de colônia.