Novembro 2016 archive

Nov 29

EM MARÇO, VIDENTE PREVIU ACIDENTE DE AVIÃO COM UM TIME DE FUTEBOL; VEJA O VÍDEO

Um vidente pode ter previsto o acidente aéreo que o time da Chapecoense sofreu nesta terça-feira (29). Em março deste ano, Carlinhos vidente participou do programa “Olga Bongiovanni” para fazer previsões para 2016. “Vou contar uma [previsão] de primeira mão também: um time inteiro de futebol vai morrer num avião. Marca o que estou falando para vocês. Isso vai acontecer em um ano ou um ano e meio”, disse Carlinhos Vidente, em março deste ano.

“Mas é um time do Brasil”, perguntou Olga. “Essa é a pergunta. Não deu para levantar ainda se é um time do Brasil ou um time de fora”, respondeu o vidente.
VEJA O VÍDEO:

FONTE: BOCÃO NEWS

Nov 29

EX JOGADOR DENÍLSON SE EMOCIONA AO FALAR SOBRE A QUEDA DO AVIÃO

O comentarista chorou ao falar sobre o acidente que ocorreu nesta madrugada, com a delegação da Chapecoense, que voava para a Colômbia, para a final da Copa Sul-Americana. 
O avião transportava 81 pessoas, das quais ao menos 70 morreram.

Nov 29

“NÃO ERA UM GRUPO, ERA UMA FAMÍLIA” DIZ JOGADOR BAIANO DA CHAPECOENSE

                      

Na tarde desta terça-feira (29), em entrevista ao apresentador José Eduardo, o jogador baiano, Moisés Ribeiro Santos, da Chapecoense, revelou como recebeu a notícia da morte de 76 pessoas que estavam no avião do clube que caiu na Colômbia. Entre as vítimas estavam jogadores, dirigentes, integrantes de comissão técnico, tripulantes e jornalistas. Há seis sobreviventes, internados em hospital colombiano. 
“Eu estava dormindo, minha esposa me acordou de madrugada falando do acidente. Quando peguei meu celular tinha mais de 100 mensagens. Mulheres, filhas de jogadores no chão chorando”, conta.
Ainda durante a conversa, ele revela que era muito amigo do atacante Lucas da Silva. “Eu falava com Lucas a cada um minuto. Eu amava ele. Amava todos. Aquilo não era um grupo era uma família. Estava conquistando o que todo o Brasil estava vendo. Estou sofrendo. Muito triste”, lamentou.
SITE: BOCÃO NEWS

Nov 19

MORADORA DE COLÔNIA FAZ DENÚNCIA GRAVE AO HOSPITAL MUNICIPAL FREI SILVEIRO

                            yttyythgghgh

Uma idosa de 90 anos esperou cerca de cinco horas para que pudesse ser atendida no Hospital Municipal Frei Silveiro, na cidade de Una, sul do Estado. O caso aconteceu nesta sexta-feira (18). A família que acompanhava a paciente ficou revoltada com a demora.

Conforme informações da família, a paciente Damiana Maria dos Santos Oliveira, de 90 anos, mora no distrito de Colônia, distante a 11 quilômetros da Sede. 
Segundo informações de Ivanilda Borges de Oliveira Silva, que acompanhava sua mãe, chegou ao local por volta das 10h, e a prioridade não foi respeitada, ela ainda ameaçou chamar a polícia, no entanto, esperou até às 16h para que pudesse ser atendida pela médica.

“Trouxemos minha mãe pra cá porque em Colônia não tem atendimento com Neurologista, mesmo sendo idosa, ela teve de ficar todo esse tempo para que fosse atendida. Isso é um absurdo, ela é idosa, tinha de ter prioridade”, afirma a filha Ivonilda.

Além da idosa, outros pacientes estavam reclamando da demora e da prioridade no atendimento. Nossa reportagem esteve no Hospital, onde encontramos uma senhora com AVC que também estava a mais de 5h sem ser atendida.
Escute o áudio da denuncia aqui neste link: ÁUDIO  

Secretaria de Saúde.

Em contato com a Secretária de Saúde do Município, Srª Maria Renilda Santos Teles, segundo ela, isso que aconteceu foi um fato isolado, mas, irá apurar o caso administrativamente.
FONTE: UNA NEWS

Nov 19

UNA: APÓS REUNIÃO, ESTUDANTES DECIDEM MANTER OCUPAÇÃO NO COLÉGIO ESTADUAL

                       15034327_195973357518562_50582315_o

Alunos que participam da ocupação do Colégio Estadual Menandro Minahim, na cidade de Una, sul do Estado, decidiriam em reunião na tarde desta sexta-feira (18), que vão manter a ocupação no local.

Pela manhã os manifestantes disseram que poderia acontecer a desocupação da unidade escolar ainda nesta sexta-feira (18), mas, a decisão de manter a ocupação foi anunciada pelos manifestantes no inicio da noite de sexta (18).

A ocupação da unidade escolar completa nove dias em protesto contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241, que estabelece um limite para os gastos públicos, e contra a reforma do Ensino Médio proposta pelo governo. A ocupação aconteceu no dia 08 deste mês. (relembre aqui) na matéria feita pela Site Una News.

FONTE: UNA NEWS

Nov 19

BAHIA: JAQUES WAGNER FOI NOMEADO COMO COORDENADOR DA CODES

O ex-ministro e ex-governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), foi nomeado neste sábado pelo atual governador do estado, Rui Costa (PT), como coordenador executivo do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Bahia (Codes), estrutura vinculada à Secretaria de Relações Institucionais (Serin).

O Conselho que será coordenado por Jaques Wagner tem o objetivo de assessorar o governador do estado na discussão e elaboração de políticas públicas e diretrizes voltadas à promoção do desenvolvimento sustentável da Bahia. Segundo a Serin, o colegiado tem como prática a promoção de debates sobre assuntos relativos à dinâmica socioeconômica do estado por meio do diálogo entre a sociedade civil e os gestores públicos federais, estaduais e municipais.
FONTE: G1 BAHIA

Nov 12

CUNHA PEDE PARA TROCAR TESTEMUNHAS EM AÇÃO E CHAMA MANTEGA E PAES

                                Advogados de Cunha pediram para que Guido Mantega e Eduardo Paes substituam testemunhas em processo da Lava Jato (Foto: Reprodução / GloboNews )

Advogados protocolaram o pedido no sistema da Justiça nesta sexta (11). Pedido foi feito a Sérgio Moro e é referente a um processo da Lava Jato.
Os advogados do ex-presidente da Câmara e deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) pediram ao juiz Sérgio Moro para substituir duas testemunhas de defesa que tinham sido arroladas por ele no processo em que responde no âmbito da Operação Lava Jato, em Curitiba.
(Correção: ao ser publicada, esta reportagem errou ao informar que o ex-ministro Guido Mantegaestava preso em Curitiba. Na verdade, a prisão foi revogada horas após ele ser detido em São Paulo. A informação foi corrigida às 13h40 deste sábado, 12.)
Eles solicitaram que ex-ministro Guido Mantega e o prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes sejam ouvidos no lugar de Pedro Augusto Cortes Xavier Bastos, ex-gerente da Petrobras, e do ex-presidente da Câmara João Paulo Cunha. A petição da defesa foi protocolada no sistema eletrônico da Justiça Federal do Paraná na noite de sexta-feira (11).
Os advogados justificaram o pedido por causa da dificuldade de localização das testemunhas que tinham sido arroladas anteriormente.
Até a manhã deste sábado (12), Moro não tinha se manifestado sobre o pedido.
Cunha também chamou o presidente Michel Temer (PMDB), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-ministro Henrique Alves (PMDB-RN), além de outras figuras públicas, como testemunhas de defesa no mesmo processo.
Preso, em 19 de outubro, Cunha é acusado de receber propina de contrato de exploração dePetróleo no Benin, na África, e de usar contas na Suíça para lavar o dinheiro.
Os advogados de Cunha negaram as acusações e criticam o Ministério Público Fedederal (MPF), dizendo que os procuradores não explicaram qual seria a participação do ex-deputado no esquema descoberto na Petrobras.
A convocação das testemunhas faz parte da defesa prévia de Eduardo Cunha, protocolada no sistema da Justiça Federal no dia 1º de novembro.
A defesa pediu que a denúncia contra o ex-deputado seja rejeitada. Pediu também rejeição da acusação de corrupção passiva, a rejeição de parte da denúncia que acusa o ex-deputado de conduta criminosa em relação ao ex-diretor da Petrobras Jorge Zelada (já condenado pela Lava Jato), a absolvição sumária do crime de evasão de divisas, a suspensão do processo até que sejam julgados embargos de declaração apresentados ao Supremo Tribunal Federal (STF) e a nulidade das provas.
Ainda segundo os advogados, a defesa não teve acesso a provas. “A falta da disponibilização, nos presentes autos, da totalidade do material probatório leva ao cerceamento de defesa e à impossibilidade de início do processo”.
A convocação das testemunhas é válida caso estes outros pedidos da defesa não sejam aceitos.
A prisão
No despacho que determinou a prisão, juiz Sérgio Moro disse que o poder de Cunha para obstruir a Lava Jato “não se esvaziou”.
De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), em liberdade, Cunha representa risco à instrução do processo e à ordem pública.
Além disso, os procuradores argumentaram que “há possibilidade concreta de fuga em virtude da disponibilidade de recursos ocultos no exterior” e da dupla cidadania.
Cunha tem passaporte italiano e teria, segundo o MPF, patrimônio oculto de cerca de US$ 13 milhões que podem estar em contas no exterior.
Moro é responsável pelas ações da operação Lava Jato na 1ª instância. Após Cunha perder o foro privilegiado com a cassação do mandato, ocorrida em setembro, o juiz retomou no dia 13 de outubro o processo que corria no Supremo Tribunal Federal (STF).
Esfera civil
Na Justiça Federal do Paraná, Cunha responde também a uma ação civil de improbidade administrativa, movida no âmbito da Operação Lava Jato, que alega a formulação de um esquema entre os réus visando o recebimento de vantagem ilícita proveniente de contratos da Petrobras. A ação corre na 6ª Vara Cível.
Além de Cunha, são requeridos na ação civil a mulher dele, Claudia Cruz, o ex-diretor da estatal Jorge Luiz Zelada, o operador João Henriques e o empresário Idalécio Oliveira.
FONTE: G1