Maio 2017 archive

VÍTIMA DE FAMOSO CASO DE ROUBO EM MATERNIDADE, PEDRINHO É UM DOS ADVOGADOS DE AÉCIO

                                    

Roubado ainda recém-nascido na maternidade do Hospital Santa Lúcia, em Brasília, e encontrado 16 anos depois em Goiânia (GO), Pedro Júnior Rosalino Braule Pinto, hoje com 31 anos, é um dos advogados de defesa do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), citado como beneficiário de propinas em delação premiada dos sócios da JBS. As informações são do jornal Correio Braziliense.
Formado em direito pelo Centro Universitário de Brasília (UniCeub), Pedro trabalha atualmente em um dos mais famosos e caros escritórios de advocacia da capital federal. Conhecido em todo o país devido ao rapto do qual foi vítima, Pedrinho é casado com uma jovem baiana e tem um filho, João Pedro, de 4 anos. Já os pais biológicos dele, Jayro Tapajós e Maria Aparecida Braule Pinto, continuam morando na mesma casa, também em Brasília.
Relembre o caso
Em janeiro de 1986, na maternidade Santa Lucia, na capital federal, um recém-nascido foi levado da mãe e passou quase 17 anos desaparecido, até ser localizado em Goiânia, em 2002, vivendo como filho legítimo de Vilma Martins Costa, com o nome Osvaldo Martins Borges.
Pedro mantém contato com a família adotiva e os amigos que deixou em Goiânia. Além de ver Vilma, ele visita a irmã de criação, Roberta Jamilly, também levada pela mãe de uma maternidade. Roberta, entretanto, não voltou a morar com os pais biológicos e nem retomou o nome com o qual seria batizada.
Condenada a 19 anos e nove meses, em 2003, Vilma teve redução de pena de quatro anos graças a recursos. Após cumprir 5 anos em regimes fechado, semiaberto e aberto, recebeu em 2008 a liberdade condicional. A pena acaba em 16 de fevereiro de 2019, ainda segundo o Correio Braziliense. O caso de Pedrinho inspirou uma das histórias da novela Senhora do Destino. Na trama, a vilã Nazaré Tedesco também sequestrou duas recém-nascidas, uma delas a mocinha da história. Senhora do Destino está em reprise na Globo.

Outros defensores
Além de Pedrinho, fazem parte do time de defensores de Aécio um ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um ex-procurador-geral da República, um ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e um renomado criminalista.
Prestam serviços jurídicos Carlos Veloso, Aristides Junqueira, José Eduardo Alckmin e Alberto Zacharias Toron, entre outros. No início da semana passada, o tucano ainda recebeu a visita do advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, e ouviu dele alguns conselhos jurídicos.
Fonte: O Correio

DETIDO NA CRACOLÂNDIA, IRMÃO DE SUZANE VON RICHTHOFEN É INTERNADO EM ALA PSIQUIÁTRICA

                                  

Andreas von Richtofen, 29 anos, irmão de Suzane von Richtofen, foi internado na terça-feira (30) em um hospital de São Paulo depois de ser detido por policiais militares ao tentar invadir uma casa que dizia ser do tio, na área da Cracolândia. O policiamento no local tem estado reforçado por conta de uma ação do prefeito João Dória na região. Ao ser encontrado, Andreas dormia no quintal da casa e tinha ferimentos pelo corpo. Irmã de Andreas, Suzane cumpre pena na prisão de Tremembé pela morte dos pais, em 2002.
Andreas estava com roupas rasgadas, “higiene precária” e “olhos vidrados”, segundo dados do boletim médico. Ele chegou ao hospital levado por uma equipe da PM. Segundo o Extra, o rapaz ficou agitado ao saber que ficaria internado e tentou se jogar da maca. Foi preciso fazer um cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) para que Andreas recebesse atendimento. 
Enquanto era atendido, ele afirmou ao médico que estava “paranoico”. Entre os ferimentos, a maioria estava na perna. Eles teriam sido causados pelas lanças na grade do imóvel que Andreas tentou invadir.
Andreas relatou no hospital que quem ordenou que ele invadisse a casa foi o “imperador”. Ele contou também que usa às vezes álcool e maconha, mas não consumiu nenhum entorpecente recentemente. O prontuário do rapaz afirma que ele tem sintomas que indicam “abuso de substâncias ilícitas”, segundo O Globo. Andreas foi avaliado novamente na parte da tarde, desta vez por um psiquiatra, e acabou internado na ala de saúde mental da unidade. Ele afirma que teme que alguém o mate.
Uma assistente social do hospital entrou em contato com um tio do rapaz, que se comprometeu a ir até a unidade médica para se informar sobre a situação, o que não aconteceu até agora. 
Crime
Andreas tinha apenas 15 anos quando os pais foram mortos pela irmã, com ajuda do namorado e do cunhado. Ele completa 30 anos em julho. Ele é formado em Farmácia e doutor em Química Orgânica pela Universidade de São Paulo (USP).
Com a irmã presa, Andreas se tornou o único herdeiro de Manfred e Marisia. Ele passou por disputa judicial na luta para saber quem iria controlar o dinheiro da família. Os recursos ficaram sob administração do tio, médico Miguel Abdalla, que foi tutor de Andreas até que ele se tornasse maior de idade.
Os dois irmãos não têm contato. Na cadeia, Suzane chegou a declarar que tinha interesse em se reaproximar do irmão, o que não chegou a acontecer. Em 2015, ele publicou uma carta em que chama a irmã e os irmãos cravinhos de “esses três assassinos”. Ela cumpre sua pena e sai ocasionalmente da prisão beneficiada por saídas temporárias, como Dia das Crianças e Dia das Mães.
Fonte: O Correio

RESTOS MORTAIS DE GARRINCHA SÃO PERDIDOS POR CEMITÉRIO NO RIO DE JANEIRO

                               

O cemitério municipal de Raiz Serra, em Magé, município na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, perdeu os restos mortais do ex-atacante Garrincha, ídolo com as camisas do Botafogo e da Seleção Brasileira. De acordo com parentes de Garrincha e a prefeitura de Magé, o cemitério não sabe onde o bicampeão mundial pelo Brasil (1958-1962) está enterrado. 
A administração do cemitério admitiu que os restos mortais de Garrincha podem ter se perdido durante um processo de exumação. “Pelo que a gente pesquisou, não se tem certeza de que ele está enterrado. Houve uma informação de que o corpo foi exumado e levado para um nicho (gaveta no cemitério), mas não há documento da exumação”, disse Priscila Libério, atual administradora do cemitério, ao jornal Extra.
No cemitério de Raiz da Serra existem duas sepulturas com o nome de Mané Garrincha. A primeira é coletiva, local onde o ex-jogador foi originalmente enterrado junto com outros parentes. A segunda fica distante 200 metros do primeiro local e foi construída em 1985 pela prefeitura de Magé. O local foi marcado com um obelisco.
Garrincha morreu em 1983, aos 49 anos, em decorrência do alcoolismo. De acordo com João Rogoginsky, primo do ex-jogador, o corpo dele teria sido retirado do túmulo original há dez anos para que um outro parente fosse enterrado. Os restos mortais seriam levados para uma gaveta, mas ele conta que não assistiu à exumação.
O sumiço da ossada de Garrincha foi descoberto depois que o prefeito da cidade, Rafael Tubarão, procurou saber o local exato do sepultamento para fazer uma homenagem. O ‘anjo das pernas tortas’ completaria 84 anos em outubro deste ano. O prefeito vai pedir autorização à família para realizar exumação nas sepulturas e descobrir onde está o corpo do craque.
Fonte: O Correio

ACORDÃO PODE LIVRAR TEMER E LULA DO JUIZ SÉRGIO MORO, DIZ JORNAL

                               Michel Temer

São Paulo – Parlamentares em Brasília estão planejando um acordão para “anistiar” parte do mundo político por meio de uma eventual eleição presidencial indireta, segundo reportagem de bastidores do jornal Estado de S. Paulo publicada neste sábado (27).
O texto assinado por Alberto Bombig afirma que o acordão incluiría a saída do presidente Michel Temer, garantindo-lhe imunidade penal a ser conferida pelo novo presidente, além da votação da PEC que prevê foro privilegiado para ex-presidentes, livrando Temer e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva das “garras” do juiz federal Sérgio Moro.
Ainda segundo a reportagem, o novo presidente (escolhido por eleições indiretas) convocaria uma nova Constituinte, e para acalmar os mercados, sancionaria uma reforma mínima da Previdência. Por sua vez, a Constituinte promoveria um novo modelo político, permitindo eleições e mandatos a promotores e procuradores da Justiça, como ocorre nos Estados Unidos, e em paralelo, seriam realizadas as eleições diretas para a Presidência da República.
Arquivado em:BRASIL

FAMÍLIA DE GILMAR MENDES É FORNECEDORA DE GADOS PARA JBS, DIZ JORNAL

                                      Família de Gilmar Mendes é fornecedora de gados para JBS, diz jornal

A família do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), é fornecedora de gados para a JBS. A empresa é uma das maiores processadoras de carne do mundo e celebrou recentemente acordo de delação, homologado pela Corte. De acordo com a Folha, o próprio Gilmar informou sobre a relação de sua família com a JBS. “Minha família é de agropecuaristas e vendemos gado para JBS lá [Mato Grosso]. (…) Eu já havia encontrado [o Joesley Batista, sócio da empresa] em outras ocasiões. A JBS tem um grande frigorífico em Diamantino [MT], minha terra, implantado pelo grupo Bertin no governo Blairo [Maggi, quando governador do estado entre 2003 e 2010]”, disse Gilmar. 
O ministro detalhou que é um irmão o responsável por negociar valores com a empresa. Mas a relação comercial não é motivo para ele se declarar impedido de participar de votações futuras referentes à empresa no STF. As informações foram passadas ao ser questionado sobre um encontro com Joesley Batista neste ano. 
A reunião ocorreu, segundo Gilmar,a pedido do advogado Francisco de Assis e Silva, um dos delatores da empresa. Joesley apareceu de surpresa no encontro, que tratou de questão referente ao setor de agronegócio, e ocorreu no IDP, escola de Direito em Brasília da qual o ministro é sócio. Gilmar Mendes disse que o encontro aconteceu depois de 30 de março, quando o tribunal julgou o Funrural, fundo abastecido com contribuições de produtores rurais à Previdência. Os ruralistas questionavam o pagamento ao fundo na Justiça e o STF manteve a obrigatoriedade. Gilmar afirmou que votou contra os interesses da JBS. 
O ministro ainda disse que Joesley pediu também para encontrar uma fórmula que permitisse o alongamento da contribuição.
Fonte: Bahia Notícias

ALVO DE DELAÇÃO DA JBS, RODRIGO ROCHA LOURES NEGOCIA ACORDO DE DELAÇÃO PREMIADA

                                   Alvo de delação da JBS, Rodrigo Rocha Loures negocia acordo de delação premiada

Deputado e braço-direito de Michel Temer, Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) negocia acordo de delação premiada com a força-tarefa da Operação Lava Jato. De acordo com a coluna Radar Online, de Veja, o parlamentar pode contar sua atuação em favor do grupo Rodrimar, alvo de buscas da Polícia Federal na área de Portos. 
No governo Dilma Rousseff, Loures usava o nome de Temer para defender interesses da empresa. Recentemente, o deputado foi citado nas delações da JBS como beneficiário de propina. Loures chegou a devolver uma mala com os R$ 500 mil à PF.
Fonte: Bahia Notícias 

ASSOCIAÇÃO-ABC: EDITAL DE CONVOCAÇÃO ELEIÇÃO ELEITORAL


ASSOCIAÇÃO-ABC: EDITAL DE CONVOCAÇÃO ELEIÇÃO ELEITORAL